SÁVIO SOARES

Cinema e música.

Elizabeth Taylor – A prova viva que milagre existe.


Os brilhantes olhos cor de violeta, a pele aveludada, o corpo sensual, voz de garotinha, assim era o mito Elizabeth Taylor no auge da beleza. Porém a belíssima estrela poderia ter tido um fim igual ao mito maior, Marilyn Monroe. Explico.

 

Em termos de sentimento, Liz sempre foi intensa. Muitos amores, reviravoltas, perdas trágicas e casos tumultuosos. (dizem que até abortou filho do Sinatra). Numa explicação a estrela falou que “nunca perdeu a cabeça por amor, apesar da sua intensidade.” E continuou: “Amei muito e com extrema dedicação, mas quando sentia aproximar-se o fim, sempre procurei afastar-me antes de um desenlace trágico. Meu sexto sentido dava-me sinal amarelo para evitar o vermelho – como se dirigisse um carro. Nesse ponto orgulho-me de jamais ter sido submissa, que é quando a mulher perde a sua dignidade ou, melhor dizendo, a própria dignidade.”

 

Ok, mas além dos problemas sentimentais e dos tumultuosos relacionamentos, Liz Taylor teve outros problemas que não a levaram dessa vida por um milagre – os problemas de saúde não foram poucos. Hoje é vista numa cadeira de rodas já com a vida, aparentemente, por um fio. Só para registrar, no período de 1942 a 1990 o mito de Hollywood passou por poucas e boas:

 

1942 – com dez anos de idade quebrou o pé durante uma filmagem;

 1944 – Caiu do cavalo durante uma cena de A Mocidade é Assim Mesmo, fraturando uma vértebra na região dorsal;

 1948 – o esquilo de estimação (!) da estrela causou-lhe uma infecção ocular e quase a fez perder a visão nos dois olhos;

 1960 – Quebrou a perna esquiando;

 1961 – Pneumonia dupla em Londres durante a filmagem de Cleópatra, fez uma traqueotomia quase a desfigurando no pescoço;

 1968 – Devido a miomas submeteu-se a uma histerectomia e não pôde mais ter filhos;

 1969 – Operada de nódulos nas cordas vocais;

 1971 – Removeu um cisto no olho direito;

 1973 – Operada de um tumor benigno no intestino;

 1974 – Cirurgia para corrigir duas vértebras;

 1982 – Um presente aos cinqüenta anos de idade: Bronquite aguda que a deixou hospitalizada quando visitava Israel;

 1986 – Na festa que comemorou 54 anos da Estátua da Liberdade estava com um colar cirúrgico devido a uma contusão no pescoço;

 1990 – Pneumonia em abril e cirurgia pulmonar em junho. Neste ano também teve os famosos exames de AIDS devido ao namoro com bissexual. (foram negativos)

 Bem, daí pra frente teve muitos outros problemas de saúde, mas já estava com quase sessenta anos de uma vida intensa que sempre cobra um preço. Hoje está bem velhinha, numa cadeira de rodas, mas ainda teve forças para ir ao festivo funeral do amigo Michael Jackson.

Elizabeth Taylor – um mito vivo do cinema.

Anúncios

27/04/2010 - Posted by | Uncategorized |

20 Comentários »

  1. Oi, Sávio!
    Para mim ela é a mulher mais linda do mundo!

    Comentário por Lourdes | 29/04/2010 | Responder

  2. Olá Lourdes,

    Realmente, Liz Taylor é uma daquelas raridades. Poucas nascem em cada século com tanta beleza.
    Mas, para mim, A Ava Gardner está um pouco acima da Liz – pouca coisa…

    Grande abraço,

    Sávio

    Comentário por dsaviosoares | 30/04/2010 | Responder

  3. Para min Liz Taylor e Ava Gardner são as duas estrela do cinema mais bonita está é a minha opinião

    Grato

    Ricardo de S. Leal

    Comentário por Ricardo de Souza Leal | 13/09/2010 | Responder

    • Olá Ricardo,

      Estou com você. As duas são estrelas são inigualáveis. ponto.

      Abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 13/09/2010 | Responder

  4. ELIZABETH TAYLOR E GINA LOLLOBRÍGIDA FORAM AS MULHERES MAIS LINDAS DO SÉCULO OU ATÉ DO MILÊNIO;NÃO HÁ NENHUMA QUE SE COMPARE A ELAS REALMENTE

    Comentário por VILMA PINTO GONÇALVES | 30/09/2010 | Responder

    • Olá Vilma,

      Estou com você quanto a liz Taylor, mas no lugar da Lollobrígida vou de Ava Gardner.
      Porém, são todas de uma beleza e um carisma sem igual.

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 30/09/2010 | Responder

      • A Elizabeth Taylor é indiscutívelmente linda! Mas na minha opnião a mulher mais bonita de todos os tempos foi e ainda é a Audrey Hepburn 🙂

        Beijos a todos!

        Comentário por Alessandra | 17/01/2011

  5. Alessandra,

    Audrey deixou também a sua marca. Uma beleza impressionante.

    Abraços,

    Sávio

    Comentário por dsaviosoares | 17/01/2011 | Responder

  6. Para mim são várias. Vou citar algumas: Brigite Bardot, Gina Lolobrigida, Sofia Loren, Deborah Ker, vivien Leigh (E o vento Levou), Grace Kally, Suzane Pleshette (Candelabro Italiano),Farrah Fawcett, Morreu no mesmo dia do Michael Jackson (As panteras-linda) Marilyn morroe (maravilhosa), Elizabeth Taylor, audrey, (lindíssima, Ava gardner, (sem palavras), Ursula Andrews (com oo7. muito linda) etc. Se eu for falar as outras, não acabo nunca. Não São lindas? Abraços.

    Comentário por Xarufy Tifany | 01/02/2011 | Responder

    • Realmente Xarufy, a lista é imensa – ainda bem!

      Abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 03/02/2011 | Responder

  7. Esqueci de mais algumas. Joan Collins, Ingrid Bergman e a mais linda, junto com Elizabeth (romy schneder)belissima demais. (Sissi e seu destino- Filme que fez). As mais lindas. A Elizabeth não tem o corpo bonito e é baixa, mais o rosto é lindo.. A romy era toda linda.

    Comentário por Xarufy Tifany | 01/02/2011 | Responder

    • Olá Xarufy Tifany,

      Boas lembranças, todas são fabulosas.

      A romy era belíssima, pena que tenha tido uma vida tão sofrida.

      Abraços,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 03/02/2011 | Responder

  8. oi!
    realmente ela era maravilhosa e linda…..mais todo mundo sabe que os exames de HIV nao foram negativos!
    ela tinha AIDS sim!

    Comentário por Pamela | 23/03/2011 | Responder

    • Olá pamela,

      Se a Liz taylor era HIV positivo, não sei…
      Talvez não tivesse vivido tanto, principalmente que, supostamente, tivesse adquirido o vírus numa época que não tínhamos remédios avançados, era extremamente letal.

      Abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 24/03/2011 | Responder

  9. Elizabet Taylor é e sempre será a mais importante diva do cinema, e de rara beleza e talento. Sem demerecer as demais. Não nego que fiquei dividida entre ela e Marilyn certa época. Mas por pouco tempo.
    Sinto-me órfã agora. Hollywood jamais sera a mesma sem Liz. Vou rever seus filmes.

    Comentário por MARLENE RODRIGUES | 25/03/2011 | Responder

    • Olá Marlene,

      O mito se foi, mas temos os filmes nas prateleiras. Liz Taylor se tornou eterna.

      Abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 26/03/2011 | Responder

  10. Elisabeth taylor, tinha só o rosto lindo com seus olhos violeta, mas era baixa, tinha o corpo sem formas e trabalhava muito mal. Comentários não só meus, mas de vários Diretores. Como a Brigite, era lindissima e sensual, mas trabalhava muito mal também. Demorava muito para decorar os texto e faltava as filmagens. Enquanto a Ava gardner, Grace Kelly, Romy Schneder, Audrey hepburn (nascida na Belgica) eoutras, pois se eu for enumerá-las não vai caber aqui, foram artistas lindas da cabeça aos pés e muito proficionais. Não pediam nenhuma mordomia para trabalhar. Estou falando com muita prorpiedade, porque sou cinéfila. Tenho muito material de vários filmes de todo gênero. Moro em Brasília, e entrei até com uma liminar na justiça para por a NET na minha casa porque o Síndico achou que iria ficar muito feio um fio passando pela frente do bloco. Ganhei a causa e a NET colocou muito bem o fio até meu apartamento que era no primeiro andar e da cor da tinta do bloco. Portanto fui a primeira pessoa que colocou a NET em Brasília. Adivinha se depois de vinte dias ele colocou ou não na casa dele? KKKKKKK Só queria ser o dono do bloco. Dei um murro na cara dele com uma luva. É mole. Quando iniciou aqui eu tinha e ainda tenho: A TNT ( passava filmes classicos antigos do tempo da minha mãe com: Debby Reynolds, Ester Wiles ( era atleta na época e fazia filmes nadando em picinas com uma grande produção), Ginger Roger, cid Charisse ( essa era par constante de Fred Aister dançando), Gene Kelly (dançando na chuva) e até o Frank Sinatra. Naquela época a maioria dos artistas tinham que cantar e dançar. Era obrigatório. Portanto estou transferindo vários filmes que gravei em DVD para CD. Tinha e ainda tem a Fox, e outros. Hoje tem os telecines e os HBO. Gravo tudo. Só não gosto de filme de terror. Mas de guerra gosto tanto dos filmes como documentários da época das guerras. Adoro os filmes de Alfred Hitchcock. Ele sempre aparecia em todos os seus filmes. E ai vai Adoroooooooooo.

    Comentário por xarufy tifany | 15/06/2011 | Responder

    • Olá Xarufy,

      Vejo que você tem excelentes filmes, antigamente a o talento era preponderante, claro que havia oportunidade também para medíocres, mas a qualidade era tanta que bastava para selecionar os que ficaram na história. Quanto ao sindico, bote um filme da Doris Day, bem relaxante que rapidamente passa

      Abraço,

      Sávio.

      Comentário por dsaviosoares | 24/06/2011 | Responder

  11. q olhos magníficos tinham ela!!violeta!!! verdadeiramente um mito vivo!! era mto linda, seus olhos eram raros!1

    Comentário por tahmi_magia | 01/09/2011 | Responder

    • Olá Tahmi,

      Você tem toda razão. Um mito de olhos raríssimos.

      Abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 01/09/2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: