SÁVIO SOARES

Cinema e música.

Clark Gable – “O Rei” de Hollywood.


Não tinha um rosto perfeito, possuía orelhas de abano e nunca conseguiu acertar a sua dentadura. Nada disso interferiu no imenso sucesso e popularidade. Com um sorriso cínico como marca registrada, Gable foi um dos maiores garanhões de Hollywood. (segundo o escritor Ruy castro, nas décadas de 30 e 40 não perdeu pra ninguém – traçou todas)

 

Conquistou um número tão grande de fãs e de sucessos que, mesmo sem ser um grande ator, foi alçado à condição de “rei” incontestável de Hollywood por três décadas. Tinha alguns trunfos: um forte magnetismo e transpirava virilidade numa época em que os galãs do cinema deviam ser gentis e até mesmo um pouco assexuados. (por tal razão o considero o precursor do estilo adotado por Bogart)

 

 

Clark Gable no auge da fama 

No início da carreira, os produtores da Metro queriam que ele operasse as orelhas, mas o galã recusou. Concordou, porém, em trocar os dentes, que, dizem, eram horríveis e mesmo assim os dentistas nunca ajustaram corretamente, o que estragou o seu romance com a belíssima Grace Kelly, a qual contracenou com Gable no filme Mogambo – a saudosa escritora Dulce Damasceno de Brito no Livro “Hollywood Nua e Crua” disse que a bela atriz espalhou para todas as amigas íntimas que, ao ser beijada, sentia a dentadura dele balançando. (algo não propriamente excitante…)

Joan Crawford – viveu um comentadíssimo romance com Gable: “Ele é simplesmente irresistível.”

Mas nenhum problema físico atrapalhou as conquistas amorosas do galã. Apesar de se confessar “um amante decepcionante” foi um dos maiores garanhões fora das telas. Manteve um tórrido romance com a atriz carole Lombard e após a separar-se da socialite nova-iorquina Rhea Lucas Langham, casou-se com Lombard, porém, infelizmente, viveram juntos pouco tempo: A bela estrela morreu num acidente aéreo em janeiro de 1942. Gable ficou tão abalado que se alistou na Força Aérea e serviu na II Guerra Mundial. (na verdade, uma tentativa de suicídio…)

 

A belíssima Carole Lombard – o grande amor do Gable.

Após a morte trágica de Lombard, Gable “pirou”. Se alistou e foi à Guerra.

 Apesar de se manter popular a ponto de ser chamado de “O Rei”, Gable não se deu bem na segunda fase de sua carreira. Em 1944, deu baixa no posto de major e retornou ao cinema comercial no filme Aventura (45), de Victor Flemming. De 1947 a 1960 participou de 21 filmes, a maioria sem muita expressão. As exceções foram Mogambo (53) de John Ford, Nas Garras da Ambição (55), Esse Homem É Meu (56) e Meu Pecado Foi Nascer (57) – os três de Raoul Walsh – e, Os Desajustados (60) de John Huston (um dos filmes mais trágicos da história do cinema)

 

O “Rei” e Kay Williams – mãe do seu único filho.

 Infelizmente Clark gable não viveu para ver sua última performance nem para conhecer seu único filho, John Clark, fruto de seu casamento com Kay Williams. Sofrendo de câncer, Gable morreu aos 59 anos em conseqüência de um ataque cardíaco (16 de novembro de 1960), duas semanas após o término das filmagens de Os Desajustados.

 

O inesquecível Clark Gable (Rhett Butler) e a belíssima Vivien Leigh (Scarlett O’Hara) em cena clássica no sensacional E O Vento Levou – Com este papel Clark Gable se transformou em mito.

Anúncios

01/07/2010 - Posted by | Uncategorized | ,

2 Comentários »

  1. Só uma observação, Clark nunca teve câncer. Descanse em paz Clark, meu eterno rei. =’)

    Comentário por Andressa | 05/10/2010 | Responder

    • Olá Andressa,

      Obrigado pela participação.

      Abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 05/10/2010 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: