SÁVIO SOARES

Cinema e música.

A nossa Elis Regina deixou um vazio jamais preenchido por nenhuma outra cantora.


Elis Regina foi a única artista com cujo talento eu não me acostumei. Mesmo no último show que fizemos durante nove meses nos teatros do Rio e São paulo, eu me surpreendia, emocionado, na coxia, enquanto esperava a minha vez de voltar ao palco. Palavras do amigo e showman, Miele.
 
A performance de Elis Regina no palco era algo anormal. Se fosse nos Estados Unidos seria uma deusa com estátua em praça pública. Possuía um temperamento forte. Quando casou-se com Ronaldo Bôscoli foi a soma da nitro e da glicerina – o final foram vários discos do Sinatra sendo jogados pela janela do apartamento em plena avenida após mais uma crise de ciúmes da pimentinha.
 
 
  

Vítima de overdose – mistura de cocaína e álcool – infelizmente morreu jovem e madura para conquistar o mundo com a voz genial. Uma tragédia para o melhor da nossa música , por que não dizer, para o melhor da música mundial.

Segundo relato emocionante no livro do ex-marido Ronaldo Bôscoli, após a morte da Elis, a amiga Fafá de Belém chamou-o no banheiro de uma boate e , aos prantos, teve uma atitude surpreendente. Assim ele disse.

No dia da morte de Elis, encontrei Fafá de Belém numa boate. Estávamos numa espécie de histeria meio desesperada. Mas fafá me disse, corajosamente:

– Ronaldo, vem comigo até o banheiro. Quero lhe mostrar uma coisa.

Começou mostrando um pacotinho e fazendo uma confissão.

– Eu sou uma das pessoas que cheiraram com a Elis. Estou aqui com três gramas de cocaína. Veja o que faço com esta merda.

Eu vi e fiquei ainda mais fã da fafá do que eu era. Ela jogou a cocaína no vaso e puxou a descarga.

 A morte da pimentinha interrompeu uma carreira (inclusive internacional) que poderia ter durado muito tempo. Foi uma tragédia e um choque para todos familiares, fãs e até amigos (amigos?) que a influenciaram a usar drogas. Elis Regina era pura emoção, cantava com a alma. Creio que poucas cantoras no mundo tiveram um talento igual ao seu.
Anúncios

03/09/2010 - Posted by | Uncategorized |

4 Comentários »

  1. Quando não estiver emocionado comentarei, no momento estou engasgado e com uma terrível sensação de perda, o que é freqüente quando se trata de Elis!!!

    Comentário por Claudo | 03/09/2010 | Responder

    • Claudo,

      Elis Regina sempre emociona, teve uma morte cedo e que não conseguimos digerir. A tragédia aumenta a referida sensação de perda.

      Forte abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 03/09/2010 | Responder

  2. Elis era talento, voz magnífica, presença marcante no palco.
    Mas a vida tem dessas coisas e levou-a de nós tão cedo.
    Uma pena, mas para mim ela permanece como a maior cantora do Brasil de todos os tempos.

    Comentário por Lourdes | 08/09/2010 | Responder

    • Uma pena, Lourdes.
      Partiu muito cedo, mas tempo suficiente para se tornar a nossa maior intérprete.

      Abraços,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 09/09/2010 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: