SÁVIO SOARES

Cinema e música.

Michael Buble não é melhor que Robbie Williams.

Convenhamos, RW dá um banho em MB. O primeiro tem voz e afinação. O segundo também tem voz e afinação, mas é cantor comum, não passa emoção. Ponto.
 

 
 
 

 



 O primeiro faz uma homenagem carinhosa, divertida e engraçada – mas sem cair no ridículo – a Sinatra, Sammy e Dean, se pondo em seu lugar. O segundo quer o impossível: Ser Sinatra. Ainda bem que o limbo, o buraco negro, tem muito espaço…
 
 

 

29/10/2010 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Não, o índio não inventou o escalpo – isso foi coisa de branco…

Nos filmes e nas histórias envolvendo o velho Oeste norte-americano, o índio, de uma forma, sempre saiu perdendo (lógico, de uns tempos passou a ser o “mocinho” em alguns filmes: Dança com Lobos é um exemplo clássico).  O fato provocava protestos pelos índios politizados, os quais tinham representantes no Congresso Norte-Americano.

No livro “Câmera, Ação! A Fascinante História do Cinema” de J. Pereira, um influente índio norte-americano (“chicasaw”), revela o seguinte:

Dizem (os brancos) que jamais lutávamos à noite, a noite nos amedrontava. Não é verdade. Não lutávamos porque à noite os grandes espíritos  não podiam ver as nossas bravuras e se morríamos, no escuro, não podíamos ter a certeza de que íamos para o nosso mundo do além. Além disso era importante que outros testemunhassem a nossa vitória sobre o nosso inimigo. apenas por isso não lutávamos à noite. Quer saber mais? Copiamos dos brancos muito das nossas crueldades. Foram os brancos que começaram a arrancar-nos o couro cabeludo, e não nós o deles. É que tinham interesse comercial nos nossos cabelos: mandavam para a Europa, onde ream transformados em perucas! Um bom couro cabeludo atingia até 500 dólares, mesmo naquele tempo. Achamos que a idéia não era má e passamos a imitar os brancos.

Outra curiosidade é que sempre que o índio vencia o branco era por engano ou descuido, diferentemente do branco que sempre o vencia por coragem e inteligência. Basta assistirmos aos filmes para confirmar.

29/10/2010 Posted by | Uncategorized | | Deixe um comentário