SÁVIO SOARES

Cinema e música.

Errol Flynn e o pobre diplomata…


Entre as muitas lendas que não se podem comprovar a respeito do palácio dos prazeres de Flynn, existe uma sobre um nobre diplomata barrigudo da Europa central que estava determinado a investigar os fantásticos boatos de orgias selvagens. Flynn foi reticente e ficou irritado, mas o diplomata continuou com suas esperançosas pesquisas entre os executivos da Warner até que a adulação lhe trouxe um convite para jantar (Black tie) em Mulholland Drive – o palácio de Flynn.

Quando o diplomata desceu de sua limusine e tocou a campainha da mansão, uma loura vestindo somente um pequeno avental e um par de sapatos de salto alto abriu a porta. Ele sorriu. Ela o convidou para acompanhá-la até o que chamou de “sala de desvestir”. Depois de tirar toda a roupa, disse a moça, ele deveria entrar entrar por aquela porta no extremo da sala para se reunir aos outros convidados.

A mansão dos prazeres do mito Errol Flynn.

O diplomata seguiu as instruções com prazer. Completamente nu, tremendo de excitada expectativa, atravessou a porta. Assim se viu na sala de jantar de Flynn, onde todas as outras pessoas estavam totalmente vestidas, em trajes de noite…

Anúncios

03/09/2011 - Posted by | Uncategorized | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: