SÁVIO SOARES

Cinema e música.

A ótima atriz Judy Holliday, na disputa do Oscar de 1950, derrotou estrelas do primeiro time de Hollywood.


Foi uma surpresa quando Judy holliday ganhou o Oscar de melhor atriz de 1950 por “Nascida Ontem” (Born Yesterday); afinal, Judy derrotou nada mais, nada menos que Bette Davis e Anne Baxter por “A Malvada” (All About Eve), Gloria Swanson por “crepúsculo dos Deuses” (Sunset Boulevard) e Eleanor Parker por “À Margem da Vida” (Caged). Só que o prêmio, como ocorreu com outras intérpretes, não intensificou a carreira cinematográfica da bela vencedora do prêmio mais cobiçado (ainda) do mundo do cinema.

É preciso ressaltar que trata-se de uma atriz que se dedicou mais ao teatro – sua preferência e talvez um dos motivos para “frear” sua carreira em Hollywood. Outros livros citam que outro motivo da escassez de papéis no cinema se deve ao episódio conhecido como “Caça às Bruxas”, quando diversos artistas, roteiristas, diretores e outros tantos de Hollywood foram perseguidos e se tornaram alvos do FBI (com o poderoso e cruel Edgar Hoover, sempre agindo nos bastidores, of course) na famosa caça aos comunistas – uma pura idiotice que de vez em quando assola a América.

Após a premiação, fez mais sete filmes, como “O Cadillac de Ouro” (The Sollid Gold Cadillac, 1956) e seu último filme foi “Essa Loura Vale Um Milhão” (1960). Infelizmente, Judy Holliday teve uma vida curta: Vítima de câncer, faleceu em 7 de junho de 1965, em Nova York – duas semanas antes de completar 44 anos.

Anúncios

23/10/2011 - Posted by | Uncategorized

2 Comentários »

  1. Caro Sávio

    Com todo o respeito pela boa atriz que ela foi, não consigo engolir a derrota que ela infrigiu à Glória Swanson, que esteve sublime em Crepúsculo dos Deuses. Foi um dos vários equívocos da Academia.

    vinicius benevides

    Comentário por Vinicius Benevides | 23/10/2011 | Responder

    • Grande Vinicius,

      O tempo é o mais cruel justiceiro. Para o bem ou para o mal. Neste caso fez-se justiça. Nada contra Judy Holliday. Era uma ótima atriz.. Mas ganhar dessas concorrentes é brincadeira…foi o que chamou minha atenção.

      Com o passar dos anos o “Sunset Boulevard” virou referência de cinèfilos e críticos, “Tudo sobre a Eva” é um clássico copiado por diretores, inclusive os nossos tupiniquins, autores de novelas, que sempre fazem referências ao clássico. Quanto a Eleanor Parker (belíssima!) bem, basta dizer que não ficou à margem da vida….

      Forte abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 23/10/2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: