SÁVIO SOARES

Cinema e música.

O ícone (e garanhão) James Stewart, informante do FBI? É verdade…


Eu já havia me surpreendido quando soube que este monstro sagrado do cinema americano (um dos meus atores preferidos), conhecido como um exemplar pai de família, querido por toda a sociedade puritana norte-americana, foi um dos maiores garanhões da década de 40. Simplesmente “traçava” todas as atrizes que contracenava. Está na lista dos maiores conquistadores de Hollywood ao lado de Clark Gable e Frank Sinatra. Mas há algum tempo descobri que James Stewart foi também um poderoso informante do FBI.

Em 1958, aos 50 anos, James Stewart fez dois filmes seguidos com Kim Novak, com uma semana de intervalo para passar em casa e trocar de terno. O que ninguém sabia é que, na vida real, nos doze anos anteriores, desde 1947, Stewart era uma espécie de informante ultra-secreto do FBI, com a incumbência de ficar de olho naqueles que Hoover via como seus grandes inimigos: os comunistas de Hollywood. Esta revelação, ao lado de outras menos ou mais agradáveis, foi feita pelo escritor, dramaturgo e ator inglês Michael Munn, em seu livro Jimmy Stewart – The truth behind the legend (Robson Books, Londres, 318 pp.).

Anúncios

02/11/2011 - Posted by | Uncategorized | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: