SÁVIO SOARES

Cinema e música.

Harry Langdon – Poucos lembram de um dos mestres do cinema mudo.


Dominava a pantomina com perfeição. O cinema mudo era o seu habitat. Infelizmente não conseguiu se adaptar aos filmes sonoros. Caiu a qualidade. Fez um filme sentimentalóide que o público repudiou. A partir de então foi a sua derrocada. Os personagens seguintes que interpretou nos filmes eram imitações medíocres de antigos sucessos.

No auge, Harry ganhou muito dinheiro, chegou a fundar sua própria empresa (“Harry Langdon Corporation”) que infelizmente não deu certo. Criou um personagem que o definiu: Um homem-criança que sobrevivia a tudo devido a uma bendita sorte. Além deste personagem, o comediante fez sucesso por décadas apresentando o número “Johnny New Car”. As idéias vinham através de gestos, sem palavras. Seus melhores filmes foram “O Homem Forte” (1926), “Tramp, Tramp, Tramp” (1926) e “Calças Compridas” (1927).

Por sua contribuição à indústria cinematográfica, Harry Langdon tem uma estrela na Calçada da Fama em Hollywood. Dizem que devido a uma personalidade complexa, (brigou com Frank Capra, grande amigo e parceiro profissional) não conseguiu o principal objetivo: Tornar-se um astro inesquecível, nos moldes de um Buster Keaton. Harry faleceu em 1944, aos 60 anos, de hemorragia cerebral.

Anúncios

17/11/2011 - Posted by | Uncategorized |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: