SÁVIO SOARES

Cinema e música.

O ator Woody Strode.


Era uma batalha titânica ser ator ou atriz negro nos Estados Unidos nas décadas primeiras do século 20. Naquelas épocas racistas, alguns se destacaram, e apenas dois conseguiram ganhar um Oscar: Hattie MacDaniel, ganhou um Oscar de coadjuvante em 1939 ao interpretar a escrava negra que auxiliava Scarlet O’Hara por “…E O Vento Levou” e Sidney Poitier, primeiro ator negro a ganhar o Oscar de melhor ator principal no drama “Uma Voz nas Sombras”, em 1963. Mas havia um ator que possuía um rosto marcante e se destacou em clássicos inesquecíveis: Woody Strode. Mesmo um fã mediano de filmes de faroeste ou filmes épicos, e na faixa dos 40 anos, deve tê-lo visto pelo menos uma vez.

Posso citar de uma tacada: Audazes e Malditos, O Homem que Matou o Facínora, Terra Bruta, Demetrius e os Gladiadores, Spartacus, Os Profissionais e Era Uma Vez No Oeste. Garanto que você amigo, deve ter assistido pelo menos um desses inesquecíveis filmes. Além dos citados, Strode atuou em vários filmes do Tarzan no papel de vilão.

Strode era um atleta destacado nos Estados Unidos. A altura (1,93) e o porte físico avantajado ajudaram na difícil escalada em Hollywood. Daí, portanto um pulo para conseguir um papel de um escravo que luta com Kirk Douglas no filme Spartacus. No ótimo, mas esquecido faroeste Os Profissionais (1966), Strode teve um papel de destaque ao lado dos grandes astros Lee Marvin e Burt Lancaster. A cena inicial de Era Uma Vez no Oeste do mestre Sergio Leone entrou para galeria dos grandes momentos do cinema norte-americano e conta com a presença marcante de Woody Strode.

O astro faleceu na Califórnia em 1994, aos 80 anos, de câncer no pulmão. Strode foi grande na altura e no talento.

Anúncios

10/01/2012 - Posted by | Uncategorized |

2 Comentários »

  1. meu caro Sávio,

    vocêm tem razão quanto ao Woody Strode. Difícil encontrar algum amante da” arte de George Stevens” que não tenha visto esse rosto com ar melancólico. E por falar em cinema, a que ponto chegamos. Brad Pitt concorrendo ao oscar de melhor ator!!!! Ainda bem que tem o excelente Max Von Sidow na disputa. Houve uma época que a disputa era envolvia nomes como Edward G. Robinson, Gregory Peck, Henry Fonda, Lawrence Oivier, Marlom Brando, Spencer Tracy, para citar alguns. Hoje além do marido da Angelina Jolie, temos o George Clooney, outro cujo talentos deixa muito a desejar. Vinicius Benevides

    Comentário por Vinicius Benevides | 24/01/2012 | Responder

    • Grande Vinicius,

      Brad Pitt é demais…só falta o Tom Cruise…

      Max Von Sidow é uma grata surpresa. E pensar que o ótimo ator Robert Downey Jr., um dos poucos que se destacam na safra dos quarentões (safra da qual faz parte o Brad da Angelina), participa apenas de filmes tolos de super-herói. Um desperdício de talento.

      A crise financeira no cinema americano é imensa. Reflete a trágica situação da economia norte-americana.
      Grandes diretores, Martin Scorcese, Wood Allen, por exemplo, buscam migalhas no exterior. Os filmes infantis (um filão que infelizmente cresce a cada dia) enchem os bolsos de bons atores e produtores, mas não enchem nossos olhos com a magia do cinema de tempos de outrora.

      Um abraço,

      Sávio

      Comentário por dsaviosoares | 25/01/2012 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: