SÁVIO SOARES

Cinema e música.

“O Poderoso Chefão” – Filme completa 40 anos…


Al Pacino , um desconhecido. James Caan, “judeu demais” para o papel de italiano. Marlon Brando, em decadência. Estas foram apenas algumas das lendárias histórias dos bastidores de um dos maiores filmes do século 20. Segue outras curiosidades:

O filme em tons de sépia foi considerado com defeito, escuro demais, e por isso não recebeu indicação ao Oscar de fotografia. 

A Paramount, através do todo-poderoso Robert Evans, queria no papel do Chefão, um dos seguintes atores: Edward G. Robinson, Orson Welles, Ernest Borgnine, Anthony Quinn ou George C. Csott. Até o grande Burt Lancaster se ofereceu para viver Don Victor Corleone, mas não aceitaram. Por fim, o marido da Sophia Loren, Carlo Ponti foi cogitado, mas Coppola, sabiamente, bateu o pé: “Laurence Olivier ou Marlon Brando” . O papel ficou em boas mãos: Marlon Brando. (Dizem que Francis Ford Coppola insistiu em Marlon Brando que era seu ídolo pessoal)

Frank Sinatra não gostou nem um pouco do personagem Johnny Fontane, que era uma cópia descarada do cantor. Chegou a trocar insultos com Mario Puzo num restaurante. Os cantores frankie Avalon e Vic Damone fizeram um teste para o papel, mas acabou nas mãos de Al Martino – também protegido da Máfia. A pressão de Frank funcionou em termos, pois o personagem de Johnny Fontane foi diminuído.

Mario Puzo, autor do livro, nunca falou italiano, tanto que o termo “Don Corleone” é considerado italiano incorreto – seria como chamara alguém de “tio”. Correto seria Don “Don Michael” ou “Don Vito” (esta informação veio de Rubens Ewald Filho)

Marlon Brando, que dizia só atuava por dinheiro, recebeu U$ 100 mil dólares, pois vendeu os seus direitos de bilheteria por módicos U$ 50 mil dólares…

A voz de “Don Vito” Corleone foi inspirada na voz real do gângster Frank Costello (idéia do genial Marlon Brando). O chefe da Máfia Joe Colombo ameaçou o produtor Albert S. Ruddy, que não teve alternativa senão fazer um acordo com o mafioso: Colombo exigiu que não fosse pronunciado os termos “Máfia” e “Cosa Nostra” – o produtor cumpriu rigorosamente…

Foi a única vez na história da Academia em que dois atores receberam um Oscar pelo mesmo personagem: Marlon Brando e Robert De Niro.

Na cena da morte do cavalo, uma cabeça real foi usada (comprada de um matadouro). O ator John Marley disse em entrevista que o seu grito fora real – ele não sabia que teria um cavalo ensanguentado em sua cama…

O gato, que aparece no começo do filme nas mãos de Marlon Brando, foi encontrado solto no estúdio da Paramount e, logicamente, não constava do roteiro – mais uma idéia genial de Brando…

O Poderoso Chefão” está na lista dos dez maiores filmes do século 20. Para ver e rever, sempre…

Anúncios

15/03/2012 - Posted by | Uncategorized | , ,

1 Comentário »

  1. Parabens pelas informações,pois elas batem certinho com o filme.
    (alguem ai me empresta o filme the godfather?

    Comentário por Marcel | 15/07/2012 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: