SÁVIO SOARES

Cinema e música.

Um cavalo sortudo…

03/03/2012 Posted by | Uncategorized | | Deixe um comentário

Elizabeth Taylor – Os olhos violetas se foram…

Elizabeth taylor – Morreu um ícone da época de ouro de Hollywood. Foi sinônimo de beleza e glamour num tempo que não existe mais.

Muito comentei sobre a diva no blog. Hoje a mídia dirá quase tudo. Descanse em paz, Liz.

23/03/2011 Posted by | Uncategorized | , | 14 Comentários

Elizabeth Taylor – A prova viva que milagre existe.

Os brilhantes olhos cor de violeta, a pele aveludada, o corpo sensual, voz de garotinha, assim era o mito Elizabeth Taylor no auge da beleza. Porém a belíssima estrela poderia ter tido um fim igual ao mito maior, Marilyn Monroe. Explico.

 

Em termos de sentimento, Liz sempre foi intensa. Muitos amores, reviravoltas, perdas trágicas e casos tumultuosos. (dizem que até abortou filho do Sinatra). Numa explicação a estrela falou que “nunca perdeu a cabeça por amor, apesar da sua intensidade.” E continuou: “Amei muito e com extrema dedicação, mas quando sentia aproximar-se o fim, sempre procurei afastar-me antes de um desenlace trágico. Meu sexto sentido dava-me sinal amarelo para evitar o vermelho – como se dirigisse um carro. Nesse ponto orgulho-me de jamais ter sido submissa, que é quando a mulher perde a sua dignidade ou, melhor dizendo, a própria dignidade.”

 

Ok, mas além dos problemas sentimentais e dos tumultuosos relacionamentos, Liz Taylor teve outros problemas que não a levaram dessa vida por um milagre – os problemas de saúde não foram poucos. Hoje é vista numa cadeira de rodas já com a vida, aparentemente, por um fio. Só para registrar, no período de 1942 a 1990 o mito de Hollywood passou por poucas e boas:

 

1942 – com dez anos de idade quebrou o pé durante uma filmagem;

 1944 – Caiu do cavalo durante uma cena de A Mocidade é Assim Mesmo, fraturando uma vértebra na região dorsal;

 1948 – o esquilo de estimação (!) da estrela causou-lhe uma infecção ocular e quase a fez perder a visão nos dois olhos;

 1960 – Quebrou a perna esquiando;

 1961 – Pneumonia dupla em Londres durante a filmagem de Cleópatra, fez uma traqueotomia quase a desfigurando no pescoço;

 1968 – Devido a miomas submeteu-se a uma histerectomia e não pôde mais ter filhos;

 1969 – Operada de nódulos nas cordas vocais;

 1971 – Removeu um cisto no olho direito;

 1973 – Operada de um tumor benigno no intestino;

 1974 – Cirurgia para corrigir duas vértebras;

 1982 – Um presente aos cinqüenta anos de idade: Bronquite aguda que a deixou hospitalizada quando visitava Israel;

 1986 – Na festa que comemorou 54 anos da Estátua da Liberdade estava com um colar cirúrgico devido a uma contusão no pescoço;

 1990 – Pneumonia em abril e cirurgia pulmonar em junho. Neste ano também teve os famosos exames de AIDS devido ao namoro com bissexual. (foram negativos)

 Bem, daí pra frente teve muitos outros problemas de saúde, mas já estava com quase sessenta anos de uma vida intensa que sempre cobra um preço. Hoje está bem velhinha, numa cadeira de rodas, mas ainda teve forças para ir ao festivo funeral do amigo Michael Jackson.

Elizabeth Taylor – um mito vivo do cinema.

27/04/2010 Posted by | Uncategorized | | 20 Comentários

Marilyn Monroe tinha uma rival de peso: Elizabeth Taylor. Nos tempos de hoje as duas estrelas teriam como rivais as frutas.

Durante mais de seis décadas Elizabeth Taylor continua sob os holofotes da imprensa mundial. Recentemente, aos 77 anos, esteve presente no enterro do amigo, o cantor Michael Jackson, mas não participou da homenagem fúnebre inicial porque, segundo Liz, o evento tratava-se de um circo. Um prato cheio para os jornalistas que divulgaram amplamente o ocorrido.

elizabeth taylor

Rival de grandes estrelas da época, não só pela beleza, mas também pela admiração que tinha (ou tem, não sei…) pela nossa raça – casou oito vezes, sendo duas vezes com o mesmo homem, o excelente ator inglês e bom de copo, Richard Burton.

Com a morte de Burton, Liz Taylor morreu um pouco – foi certamente o maior choque na vida da atriz. Proibida pela viúva do ator, Sally Hays, de comparecer ao funeral para não tumultuá-lo, a estrela deixou passar algumas semanas, depois foi até o País de Gales colocar flores no túmulo e comprou o terreno ao lado, onde quer ser sepultada quando morrer.

Mesmo Marilyn Monroe, a mais famosa estrela do cinema, tinha Liz Taylor como sua grande rival nas telas e na mídia – as duas faziam questão de disputar fotógrafos, filmes e escândalos. Hoje não há mais qualidade, o nível caiu muito: a briga acontece entre morango, jaca, melancia e outras frutas da estação…

Homenagem a Liz Taylor na voz magnífica de Sammy Davis Jr.

22/10/2009 Posted by | Uncategorized | , | 19 Comentários