SÁVIO SOARES

Cinema e música.

Capas de vinil…Peggy Lee e orquestra regida por Frank Sinatra…

Famoso disco , The Man I Love, que marcou a volta de Peggy Lee à gravadora Capitol em 1957 depois dos cinco anos que ela passou na Decca – com orquestra regida por…Frank Sinatra.

Anúncios

22/08/2012 Posted by | Uncategorized | , , | Deixe um comentário

“Where Or When”…Peggy Lee…voz quente e sensual…

12/07/2012 Posted by | Uncategorized | | Deixe um comentário

Peggy Lee…”Black Coffee”…

17/06/2012 Posted by | Uncategorized | , | Deixe um comentário

Um presentinho de feriado – Miss Peggy Lee.

Peggy era muito bonita – mas não desumanamente bonita – nada de Ava Gardner ou Elizabeth Taylor. Mas quando soltava a voz, era páreo duro até para a citadas divas de Hollywood.
 
 

 

14/11/2010 Posted by | Uncategorized | | Deixe um comentário

Mais um vídeo da grande Peggy Lee.

Neste vídeo, bem acompanhada por músicos de altíssima qualidade, Peggy lee, como sempre, arrasa. Não, não existe mais algo nem parecido…

 Peggy Lee é, simplesmente, sensacional. 

28/08/2010 Posted by | Uncategorized | | 4 Comentários

Um dos melhores duetos do Século 20 – “a Voz” e “a Rainha”.

Sobre o Frank, nada a declarar. Sobre Peggy, deixo para o Duke Ellington.

 “Se eu sou o Duque, então Peggy é a rainha.”

Além das vozes geniais, Frank exalava charme e Peggy, sensualidade.

22/02/2010 Posted by | Uncategorized | , | 4 Comentários

Benny Goodman e Peggy Lee – Sensacional!

Goodman a ouvira, pela primeira vez, cantando com um conjunto, num ambiente de coquetéis, em Chicago. Quando Helen Forrest decidiu sair, repentinamente, após uma oferta irrecusável de Harry James, Peggy foi contratada e tornou-se parte integrante da Orquestra.

Com Peggy Lee, talentosíssima, considero o período da melhor formação da orquestra de Benny Goodman – o “Mestre do Swing”. Antes da sensual loura houve outras, mas apenas a primeira, Helen Forrest, obteve o merecido destaque. Porém, mesmo assim, prefiro a sensual loura.

Benny Goodman e Peggy Lee – juntos, técnica excepcional e fraseado perfeito.

15/01/2010 Posted by | Uncategorized | | Deixe um comentário

Final de tarde, domingo…Tolice! Peggy Lee e Toots Thielemans são ótimos em qualquer hora.

Peggy Lee e o mestre da gaita Toots Thielemans: Música adulta e de qualidade – não tem hora nem preço.

29/11/2009 Posted by | Uncategorized | , | Deixe um comentário

Compare Peggy Lee às cantoras de hoje e… Não, não compare, é perda de tempo.

A vida de Peggy Lee nunca foi fácil. No início de carreira pegou logo uma “pedreira”: Substituiu Helen Forrest na orquestra de Benny Goodman – Helen era a favorita de todos os Bandleaders da época. Mas Peggy demonstrou seu imenso talento.

No palco exalava sensualidade. Ninguém imaginava as tragédias que enfrentou: uma infância dramática, um marido alcoólatra que Peggy Lee fez questão de ajudá-lo, mesmo quando separada e, nos últimos anos de vida, enfrentou doenças que por vezes a impossibilitavam de cantar.

 PeggyLee

Seu swing vinha junto com o ritmo. Na verdade, todas as tragédias enfrentadas por Peggy poderiam tê-la destruído, mas ela soube transformar desgraça em superação. Certa vez, Count Basie disse o seguinte:

 “Se você não se emocionar ao ouvir Peggy Lee, é porque deve estar morto”.

Peggy lee – swing, ritmo e sensualidade caminham juntos.

13/09/2009 Posted by | Uncategorized | | 2 Comentários